Aconteceu no dia 12 de novembro o II Seminário Brasil-Alemanha de Inovação, no Club Transatlântico. A programação contou com diversas palestras e mesas-redondas em que se destacaram os assuntos de sustentabilidade da inovação, relacionamento entre Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) e empresas, modelos de fomento e os desafios e oportunidades nas relações Brasil-Alemanha através da inovação.

Além do rico conteúdo, o evento contou com um público de palestrantes e ouvintes bastante diversificado. Participaram das mesas-redondas de discussão no evento presidentes da América Latina de empresas como a SIMENS, BASF, BAYER, ZF e Romi, e outros dirigentes de entidades como a DWIH, BNDES, ANPEI, DAAD, CONFAP, entre outras. O evento foi realizado pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha e teve apoio do Centro Alemão de Ciência e Inovação de São Paulo (DWIH-SP).

FOTOS DO EVENTO

PROGRAMAÇÃO E PALESTRANTES

8h: Recepção com Café-da-Manhã

8h30: Abertura
Thomas Timm: Vice – Presidente Executivo da AHK

8h35: Innovation Board 2014: a missão AHK na área de inovação
Paulo Stark – Coordenador do Innovation Board AHK

8h45: Warm Up: inovação brasileira como benchmarking internacional
Maurício Antônio Lopes – Presidente EMBRAPA

9h15: Sustentabilidade da inovação: o diferencial competitivo da inovação alemã
Round-Table:
Livaldo Aguiar dos Santos – Presidente das Indústrias ROMI/Burkhardt+Weber
Matthias Brück – Presidente PORSCHE América Latina
Paulo Alves – Business Unit Director CONTINENTAL Brasil
Ralph Schweens – Presidente BASF América do Sul
Theo van der Loo – Presidente do Grupo BAYER no Brasil
Wilson Bricio – Presidente ZF América do Sul
Moderação:
Paulo Stark – Coordenador do Innovation Board AHK

10h30: Jovens Inovadores – Elevator Pitch com alunos de escolas alemãs

10h40: STARTUPS: a nova inovação
Apresentações:
Silvio Meira – Presidente do Conselho Administrativo do Porto Digital
Christian Miele – Diretor da Associação Alemã de Startups
Round Table:
Bento Koike – Fundador da Tecsis
Ideval Crespo Munhoz – CEO da T-Systems para a América Latina
Malte Huffmann – Co-Fundador e Diretor de Marketing Dafiti
Tallis Gomes – Fundador e CEO da EasyTaxi
Moderação:
Juliano Seabra – Diretor Geral da Endeavor

12h: Almoço

13h: Jovens Inovadores: Elevator Pitch com alunos de escolas alemãs

13h10: Open Innovation: mais do que uma tendência, uma oportunidade
Neste painel, empresas alemãs instaladas no Brasil apresentaram seus cases/plataformas/práticas de Open Innovation. Em um round-table moderado por Bruno Rondani, Diretor-Presidente do Wenovate, empresas e ICTs discutiram sobre paradigmas, oportunidades e resultados da inovação colaborativa.

14h15: Relacionamento entre ICT e empresas: cases Brasil-Alemanha
Introdução e Moderação:
Dr. Martina Schulze – Presidente do Conselho Diretor do DWIH-SP e Diretora do DAAD no Brasil
Apresentação de cases e Round Table:
Tobias Zobel – Diretor do Instituto Central de Engenharia Médica (ZiMT) da Friedrich-Alexander-Universität (FAU) e do Cluster Medical Valley
Georg Overbeck – Diretor do Instituto de Pesquisa Aplicada (IAF) TH Ingolstadt
Marcio Weichert – Coordenador do Centro Alemão de Ciência e Inovação SP
Ronald Dauscha – Diretor de Estratégia e Inovação SIEMENS

15h30: Coffee Break

15h45: Modelos de fomento: como inovar no financiamento da inovação?
Representantes de agências de fomento e financiamento de inovação, juntamente com empresas que aplicam recursos em inovação provenientes de diferentes fontes, discutiram sobre as vantagens e obstáculos para a efetiva aplicabilidade dos modelos existentes. Uma breve introdução ficou por conta do BNDES e, além do MDIC e de representantes da Alemanha e da UE, empresas como a BASF apresentaram suas estratégias de investimento, venture capital, entre outros.

17h: Diálogo Brasil-Alemanha de Inovação: desafios e oportunidades político industriais para o aumento de competitividade da indústria através da inovação
Durante o Encontro Econômico Brasil-Alemanha 2014, realizado em Agosto na cidade de Hamburgo, representantes políticos, empresas e ICTs dos dois países reuniram-se para propor ações que fortaleçam a relação econômica bilateral através da inovação. Dando continuidade a esta iniciativa, o grupo apresentou oportunidades de parceria tecnológica para o aumento da competitividade da indústria dos dois países.